Simpósio Temático Pós-abolição: racialização e memória

Simpósio Nacional de História

Universidade de São Paulo

17 a 22 de julio de 2011

Simpósio Temático – Pós-abolição: racialização e memória

Organização: Hebe Mattos (UFF), Karl Monsma (UFRGS), Beatriz Loner (UFPel), Martha Abreu (UFF)

Chamada para inscrição de trabalhos:

Justificativa
A notável produção intelectual brasileira das   últimas décadas sobre a escravidão e sobre o processo de abolição não tem sido acompanhada por produção equivalente sobre a experiência dos afro-brasileiros depois da abolição. No intuito de agregar os pesquisadores dessa área, ainda incipiente, formar uma rede nacional de pesquisadores do pós-abolição e
apoiar novas pesquisas na área, propomos um simpósio temático focalizando as continuidades e mudanças nas identidades raciais, no racismo, nas formas de discriminação racial e nas estratégias de resistência e de sobrevivência das populações negras depois da abolição. Além de preencher, parcialmente, as lacunas na historiografia, procuramos com este simpósio mostrar a importância do conhecimento histórico e suas relações com a construção da memória social – para a compreensão da natureza das identidades raciais, do racismo e das lutas anti-racistas no Brasil de hoje.

Reconhecendo que a abolição foi um processo prolongado, o simpósio pode incluir trabalhos sobre libertos e negros livres nas  últimas décadas antes da abolição final, mas estamos particularmente interessados em pesquisas sobre o período posterior, inclusive aquelas sobre a história recente. Na seleção das propostas, os organizadores tentarão incluir um amplo leque de temas e trabalhos sobre todas as regiões do  Brasil e sobre outros países da
América Latina. Propostas de pesquisadores de outras  áreas acadêmicas, tais como as ciências sociais, a geografia, a economia ou a educação, também serão bem-vindas, desde que utilizem uma abordagem histórica. Os trabalhos podem ser em português ou espanhol, focalizando os seguintes temas, entre outros: mudanças nas categorias de cor e seus significados; identidades raciais e racismo na vida cotidiana; a memória coletiva da escravidão e do racismo; relações entre libertos e nascidos livres; trajetórias familiares de afro-brasileiros; padrões migratórios; padrões de nupcialidade; transformações de ideologias raciais; ciência e’ raça; negros e brancos no mercado de trabalho; vida associativa e movimentos negros; formas de lazer e sociabilidades; religiosidades; gênero e sexualidades; Estado, políticas públicas e racismo; racismo e anti-racismo na Justiça;
comunidades quilombolas e outras comunidades tradicionais; relações entre negros e imigrantes; relações entre negros e indígenas; novas formas de racismo; políticos negros e a participação de negros na política; negros e governos populistas; negros na polícia e nas forças armadas; sindicalistas negros e negros nos sindicatos; a classe média negra; representações racializadas na mídia e nas artes; representações da  África e dos africanos.

Prazo para inscrição de propostas: 17 de março, pelo site http://www.snh2011. anpuh.org/

Contribuciones en castellano sobre diferentes países latinoamericanos, serán bienvenidas.

Consultas: Karl Monsma (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

karlmonsma@uol. com.br

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s